CAP S/A - A ARENA DOS PARANAENSES

Em 31 de maio de 2009, o Estádio Joaquim Américo foi escolhido pela FIFA para sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014 na cidade de Curitiba. O dia de hoje também ficará marcado na história. Nesta manhã, aconteceu o reinício das obras de reforma e ampliação da Arena da Baixada para sediar jogos da Copa das Confederações de 2013 e da Copa do Mundo de 2014, o que representa uma nova fase para o Estado do Paraná, para a cidade de Curitiba e para o Clube Atlético Paranaense. A ARENACOPA contribuirá para deixar um legado de grande relevância para toda a população paranaense.

A parceria tripartite entre Governo do Estado do Paraná, Prefeitura Municipal de Curitiba e Clube Atlético Paranaense é inédita em todo o Brasil. Somente na capital do Paraná a união pública e privada de esforços foi viabilizada para que toda a comunidade paranaense seja beneficiada com a vinda das Copas das Confederações e do Mundo, eventos de grande porte e representatividade mundial.

Arena-Obras-RobertoSousa-WEB.jpg

Governador do Estado do Paraná, Beto Richa, Presidente da Comissão Assuntos Copas 2013/2014, Mario Celso Petraglia e Prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, no reinício das obras da ARENACOPA

Foto: Roberto Souza

“A partir de hoje, a Arena é o estádio do Brasil para a Copa de 2014 com as obras mais avançadas. Sessenta porcento do estádio já está pronto e será a obra com menor custo entre os estádios da Copa do Mundo de 2014”, afirmou o Governador do Estado do Paraná, Beto Richa.

Curitiba atualmente recebe cerca de 3,4 milhões de turistas por ano, uma média de 283 mil pessoas visitando Curitiba todos os meses. Durante a Copa do Mundo, são esperados 500 mil turistas visitando somente Curitiba.

“É um grande avanço para Curitiba, que terá seu patamar elevado. As obras do PAC da Copa já estão em andamento”, declarou o Prefeito de Curitiba, Luciano Ducci.

A obra, que se reinicia hoje, está de acordo com o Caderno “Recomendações e Requisitos Técnicos para Estádios de Futebol“ 5ª edição de 2011 da FIFA, cumprindo com os requisitos técnicos para receber jogos até as quartas-de-final da competição, papel importante da cidade nos eventos de 2014, além de permitir a realização dos jogos da Copa das Confederações 2013.

“Hoje é um dia importante para o Clube Atlético Paranaense. Teremos um ano para terminar as obras principais para a Copa de 2013 e, em seguida, a conclusão para a Copa de 2014. A obra não é somente para o Atlético Paranaense, é para a cidade de Curitiba e para o Estado do Paraná”, disse o presidente do Conselho Deliberativo do Clube Atlético Paranaense, Glaucio Geara.

O projeto arquitetônico da ARENACOPA foi desenvolvido pelo arquiteto uruguaio Carlos Arcos e o cronograma inicial das obras será de 90 dias sem necessidade de fechamento do estádio para os jogos do Clube Atlético Paranaense. Neste período, acontecerão os serviços de escavações, remoção de terra, contenções e fundações no terreno ao lado do estádio. Estes serviços serão realizados em um período climático propício para esta fase da construção. A previsão de fechamento total do estádio para término das obras de todo o estádio é dia 10 de dezembro de 2011. A conclusão da reforma e ampliação da ARENACOPA está prevista para o dia 31 de dezembro de 2012.

“Hoje é um marco histórico, um novo dia nessa caminhada longa do Atlético Paranaense para receber a Copa do Mundo e a Copa das Confederações”, afirmou Mario Celso Petraglia, presidente da Comissão dos Assuntos Referentes às Copas 2013/2014 do Clube Atlético Paranaense.

Área total - A área construída total da ARENACOPA será de 122.479 m2. Atualmente, o estádio possui edificação existente com área de 57.976 m2, que serão reformados. A ampliação terá uma área total de 64.502 m2, sendo 41.307 m2 correspondentes a ampliação do estádio, 19.234 m² ao novo estacionamento, e 3.961 m2 ao centro de imprensa.

Capacidade - Para os jogos de futebol, a ARENACOPA contará com uma capacidade total de 41.482 cadeiras no modo FIFA (Copa 2014) e 42.372 cadeiras no modo LEGADO. No modo FIFA, como será utilizada na Copa do Mundo 2014, a ARENACOPA acolherá 37.696 espectadores de público geral, 2.589 de público VIP, e 1.197 de imprensa. O estacionamento do estádio contará com uma capacidade de mais 928 vagas.

A ARENACOPA terá todas as instalações de uma verdadeira Arena Multieventos. Cobertura total de todas as cadeiras, infraestrutura de última geração como um edifício inteligente, espaços de imprensa, vip e amplos vestiários para atender aos protagonistas do espetáculo. Poderão ser realizados eventos esportivos de qualquer modalidade, eventos culturais, religiosos, sociais, shows, entre outros. A ARENACOPA poderá receber, dependendo do evento, entre 40 a 60 mil pessoas.

Acessibilidade - O Projeto atende a norma NBR-9050, quanto à acessibilidade ao setor reservado para cadeiras especiais localizadas ao nível horizontal de acessos diretos desde o passeio urbano. Serão instalados 150 lugares para pessoas com necessidades especiais e mais 150 cadeiras para seus acompanhantes.

Localização - A localização do Estádio Joaquim Américo é estratégica, no bairro Água Verde, próximo ao centro expandido de Curitiba. Suas imediações são atendidas por transporte público e estacionamentos coletivos, com entorno contendo a maior concentração hoteleira da cidade, além da facilidade de acesso as vias rodoviárias, ao aeroporto Internacional Afonso Pena (18 km) e a Rodoferroviária (3 km). O estádio está situado a 300 m do eixo trinário da Avenida Sete de Setembro, Eixo –Norte-Sul da Rede Integrada de Transporte da cidade, com alta capacidade de atendimento às necessidades de transporte dos grandes eventos.

“O novo projeto arquitetônico do Complexo visa integração urbana total com a Rua Buenos Aires e com a Praça Afonso Botelho, com o fim de permitir uma acessibilidade adequada ao Complexo. Na fachada da Rua Buenos Aires serão implantadas novas lojas comerciais e uma grande plataforma de circulação de acesso livre ao Complexo e passeio público para a cidade, apresentando um legado integrado entre a área privada e pública”, explicou o arquiteto Carlos Arcos.

Sobre a obra - A obra de conclusão da reforma e ampliação será composta das seguintes intervenções:

- Conclusão da arquibancada do setor Madre Maria dos Anjos (paralela a Brasílio Itiberê), área da logística principal das exigências FIFA com setores VIP, tribuna de honra, hospitalidade, imprensa, jogadores, juízes e delegados FIFA;

- Reforma e ampliação dos setores Buenos Aires, Getúlio Vargas e Coronel Dulcídio para adequá-los aos serviços e circulações exigidos pela FIFA, ampliando a sua capacidade atual e para atender as exigências FIFA no que diz respeito à segurança, conforto e funcionalidade;

- Reforma de toda a frente do novo estádio com o objetivo de integração urbana total com a Praça Afonso Botelho proporcionando o nível de acessibilidade exigido pela FIFA em termos de fluxo de multidões;

- Entre as Ruas Brasilio Itiberê e Madre Maria dos Anjos, será construído um edifício de dois pavimentos destinado ao estacionamento com 690 vagas e um edifício de três pavimentos destinado ao centro de imprensa;

- Será criada uma nova cobertura metálica que será apoiada nas quatro torres (duas paralelas à Rua Buenos Aires e duas paralelas à Rua Coronel Dulcídio).

-----#-----

SOBRE O GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ - O Governo do Paraná está totalmente empenhado em viabilizar as obras de adequação do Estádio Joaquim Américo. Além disso, fará cinco intervenções de mobilidade urbana na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) para a Copa do Mundo de 2014, que estão em fase de elaboração dos projetos e as obras devem iniciar no primeiro trimestre de 2012. O investimento é de R$ 241.578.947,37, com recursos federais e estaduais.

Seguindo um cronograma ajustado com o governo federal, as ações fazem parte do legado que ficará para os paranaenses depois do evento mundial. Os projetos desenvolvidos, que estão sob responsabilidade da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e integram o PAC Mobilidade/Copa 2014, são a implantação do Corredor Aeroporto - Rodoferroviária, na Avenida das Torres (trecho em São José dos Pinhais) e do Sistema Integrado de Monitoramento Metropolitano, que começam em janeiro de 2012.

Outras obras são a requalificação do Corredor Marechal Floriano, no trecho de São José dos Pinhais, e o Corredor Metropolitano, que liga Colombo a Araucária, têm previsão para começar em fevereiro de 2012. A construção das vias radiais de integração, entre Colombo/Curitiba (rua da Pedreira) e Pinhais/Curitiba (via da integração), também estão previstas para começar no mesmo período.

SOBRE A PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA - Além de atuar para a viabilização do convênio para obras na Arena, a Prefeitura de Curitiba tem em andamento dois grandes pacotes de investimentos, a maioria em mobilidade urbana, que preparam a cidade para o evento. São aproximadamente R$ 380 milhões distribuídos em 15 grandes obras em várias regiões, seguindo um cronograma planejado para não causar transtornos à população.

No primeiro deles, na ordem de R$ 140 milhões, estão a trincheira Bacacheri/Bairro Alto, Linha Verde Norte, binário Chile/Guabirotuba, Anel Viário, Rua 24 Horas, avenida Marechal Floriano Peixoto (fase 1), e o eixo Toaldo Túlio/Fredolin Wolf. A Rua 24 Horas, um dos principais pontos turísticos da cidade, foi reformada e modernizada e está em processo de reabertura. Outra obra pronta é a avenida Toaldo Túlio.

A outra parte das obras é de projetos apresentados pela cidade no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Copa, financiado pelo Governo Federal. O PAC do Município prevê R$ 237 milhões nas seguintes obras: Requalificação das avenidas Cândido de Abreu, das Torres e Marechal Floriano (fase 2); extensão da Linha Verde Sul; revitalização da Rodoviária; reforma e ampliação do Terminal Santa Cândida; e implantação do Sistema Integrado de Mobilidade (SIM).

SOBRE O CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE - O Clube Atlético Paranaense se destaca por sua excelente estrutura e pela qualidade de seus trabalhos. Possui o mais moderno estádio da América Latina, a Arena, e o mais moderno Centro de Treinamentos do país, o CT do Caju. Desde 1999, o Rubro-Negro tem conquistado títulos importantes em nível estadual, nacional e internacional. Dentre eles está a principal conquista da história do Rubro-Negro: o título do Campeonato Brasileiro da Primeira Divisão, em 2001. O Atlético ainda teve duas grandes conquistas depois. Em 2004, foi vice-campeão Brasileiro e em 2005, foi vice-campeão da Copa Libertadores da América. Torneio internacional que o Furacão participou por três vezes (2000, 2002 e 2005). Em 2006, o Atlético Paranaense chegou às semifinais da Copa Sul-Americana.

SOBRE A COMISSÃO DE ASSUNTOS REFERENTES ÀS COPAS DE 2013/2014 DO CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE - No dia 25 de julho de 2011, na Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo do Clube Atlético Paranaense, foi escolhida a proposta dos conselheiros para a Autogestão da construção da ARENACOPA para as Copas de 2013 e 2014. Dentro do modelo de autogestão foi formada uma comissão composta de um presidente e oito conselheiros (e suplentes) responsáveis pelas áreas de Secretaria Geral, Finanças e Controladoria, Jurídico, Planejamento, Engenharia, Marketing, Institucional e Construção. Além da Comissão para Assuntos das Copas, foi criada uma Sociedade para Propósitos Específicos (SPE) com participação acionária total do Atlético Paranaense, (subsidiária integral). Esta SPE foi nominada CAP S/A ARENA DOS PARANAENSES ficando responsável por todas as questões relacionadas a viabilidade econômica financeira da obra, administração de recebíveis, garantias para o projeto, contratação de fornecedores, responsabilidade técnica, responsabilidade comercial, civil e penal.

#arenacopa

Featured Posts
Recent Posts
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic